"Apenas sentimentos, refletidos através de uma conversa, filme, livros, séries, tudo aquilo que nos faz enxergar a vida de uma forma diferente e irrefletida em nossas emoções".

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Sair...

Você já tentou sair de você mesmo? aquele momento em que você se olha e pensa quanta coisa tenho que mudar ou modificar, sonhos destruídos e desejos incompletos, paixões corrompidas, tudo numa certeza infame de ações necessárias, mas que mesmo que você esteja enterrada até o pescoço, você prefere ficar naquela mesmice.
O termo sair pode ser comparado a se deixar, pode ter tantos significados, tantos meios e também tantos fins, mas no final devemos sempre assumir o nosso medo dele, afinal ele vem nos fazer enxergar aquela pessoa que somos mas não desejamos ver,  a mudança que ficamos procrastinando, porque de alguma forma iremos fazer alguém sofrer, magoaremos alguém além de nós mesmo e o nosso grande egoísmo não quer deixar isso acontecer, queremos ser carregados e ouvir palavras de conforto, para que desta forma, não se faça necessário a nossa mudança.
O sair ou mudar, aquele momento entre duas dimensões, a mudança da adolescência para o amadurecimento, que fingimos ter, que proclamamos ao mundo e no final sabemos que somos ainda imaturos e infantis, que desejamos ser acalentados e saber que tem alguém ali para resolver os nossos problemas, aquele sentimento infinito de pensar não é comigo, é com outra pessoa, eu não sou capaz de fazer isso, eu não magoou ninguém, eu só distribuir amor, eu sou legal, e quando paramos para ver a nossa imagem refletida no espelho, queremos apenas ter a ilusão nublando quem realmente somos, aquela pessoa mesquinha e insensível, aquela pessoa que não tem coragem de sair do seu mundo de conforto e lutar.
Quando tiramos a nossa mascara e enxergamos quem somos, tem tanto que gostaria de modificar e tanto que pode riamos amar em nós, mesmo que no momento só desejamos saber como sair do emaranhado labirinto que nos escondemos, amadurecer é sair da zona de conforto, é se compreender, é buscar novos caminhos, é sair de si mesmo e enxergar o outro sem ideologias, é não viver mais uma utopia, é apenas diferenciar quem és.
Saí, vamos hoje sair de nós mesmo, vamos enxergarmos sem precisar de alguém para nos mostrar, vamos procurar aos poucos nos modificar, não se importar com o outro e sim conosco é vivenciar um novo dia para nós mesmo, hoje vou sair da minha zona de conforto, vou me criticar mais do que já faço e não aguardo dos outros o que necessito, mas sim enxergar o que ele pode me dá, e viver sem plantar nos outros o que desejo, sair e lutar, pois a vida passa tão rápido e perdemos muitas oportunidades.