"Apenas sentimentos, refletidos através de uma conversa, filme, livros, séries, tudo aquilo que nos faz enxergar a vida de uma forma diferente e irrefletida em nossas emoções".

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Desafio de Leitura Nº 41 - Orgulho




"Desejo que o amor seja maior que o orgulho que tantos devem sentir para se proteger dos riscos e que as pessoas saibam enfrentar os preconceitos impostos por séculos e séculos."

Bem, esse livro ganhei do próprio autor em uma feira de livro aqui na cidade, minha empatia foi certeira, não só pelo mesmo ser fã de Miss Austen, sendo assim, ainda me peguei a me apaixonar por essa sua obra, a minha primeira lida do mesmo e afirmo não será a última.
Este livro relata o encontro em sociedade de uma classe média baixa com a classe alta, seus sonhos, desencontros, problemas e principalmente o quanto muitas vezes os mesmos agem como se fossem apenas marionetes, sem sentimentos, reações, sonhos ou desejos.
Numa pequena festa, se faz este encontro o amigo Vitor leva junto Roberto e Jane está com uma beleza sem igual e eles acabam conhecendo Dário, Fernando, Jorge e Carla onde as diferenças podem fazer realmente realçar o que pode ser o amor ou guerra, pode ser um local de sonhos e destruição.
A descrição é maravilhosa, porque você se sente como se fizesse parte da família de cada um e também suas emoções, de forma a ser um personagem ali esquecido.
Não posso esquecer de mencionar, o livro nos trata também  da aceitação de uma família frente a opção sexual do filho e também as desilusões com os filhos, sem mencionar a ambição de mães e filhas de adentrar o mundo de glamour.

"Homem é assim mesmo.  Não adianta vir com essa história de essência, beleza interior, conteúdo.  Isso é desculpa de gente feia pra eles."