"Apenas sentimentos, refletidos através de uma conversa, filme, livros, séries, tudo aquilo que nos faz enxergar a vida de uma forma diferente e irrefletida em nossas emoções".

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Filme : Hobbit: A Batalha dos Cincos Exercitos


Assisti na pré-estreia, achando que estava lotado de fãs aborrecentes, mas para surpresa geral, só tinha adulto, a sala em completo silêncio, na expectativa do filme e sem um murmurar de surpresas ou queixas o filme transcorreu, só na saida, lógico todos comentando o que esperavam do filme.
Vamos, lá todos se sentiram tão traidos quantos Legolas, mas afinal o que é o amor senão um amadurecimento, todos se sentiram triste com o pobre do Anão, que tanto desejou o amor e no final o Orgs acaba o matando, porque ele pensava em salvar a donzela-guerreira em perigo, claro que Thorin merecia umas boas palmadas, e sim nada como um Ladrão com consciência o Bilbo, mas vamos lá, eu gostei do filme, mas tenho certeza que quem leu o livro deve ter ficado um tanto descepcionado, não posso esquecer do Matador de Dragãos que no momento se fez humilde, querendo apenas proteger sua família e socorrer  os outros, sempre vejo um filme como um aprendizado, este não seria diferente, porque fala de família, amigos, riqueza e humildade, ensina o ser humano a sempre lutar pelo seu melhor, indico e reendico, claro que irei ver novamente.