"Apenas sentimentos, refletidos através de uma conversa, filme, livros, séries, tudo aquilo que nos faz enxergar a vida de uma forma diferente e irrefletida em nossas emoções".

terça-feira, 4 de novembro de 2014

O caça as Bruxas

O mês de outubro terminou de uma forma divertida para todos, mas infelizmente estávamos todos adentrando na comemoração que tomamos como nossa o tal de Halloween, e acabamos do nosso nacional que é o dia do tão famoso Saci-Pererê, aquele ser mitológico da nossa floresta, que pula com um pé só, fumando seu cachimbo.
Não vamos ir acusando a tal globalização, pelo esquecimento ou o esquecimento dos nossos monstrinhos folclore, é apenas que estamos de todas as maneiras nos americanizar, que agora não damos valor sobre o muito da nossa grande cultura, algo que antes era tão valorizado hoje esquecido, por onde anda os nossos livros infantis de Monteiro Lobato, nos fazendo sonhar no sítio do pica-pau amarelo, onde está a grande magia de nossas florestas, se o mundo hoje só quer falar de Monster High e Zumbis.
Então vamos fazer uma campanha, lembrar nossas crianças das lendas brasileiras, lhe contar como é lindo o canto do Uirapuru e lhe dizer que nossa sereia se chama Iará, e desta forma desmitificar a sua grande ilusão criada por Walt Disney.
Sim, eu tive uma infância cercada de história e lendas, mas era tudo bem brasileirinho, sonhava em viver na floresta, pois era um reino encantado, cheia de magia e tudo era tão simples, pois até mesmos os monstros era amigos, até a tal bruxa era boazinha, então porque não ir a caça mas da nossa história.