"Apenas sentimentos, refletidos através de uma conversa, filme, livros, séries, tudo aquilo que nos faz enxergar a vida de uma forma diferente e irrefletida em nossas emoções".

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Filme: O caminho da floresta


Um filme esperado e desejado, afinal todos nós temos algo de uma criança que ainda acredita em contos de fadas, e que maravilha é o mundo da imaginação.
O filme é baseado num dos contos dos Irmãos Grimm, que já nos atiça a imaginação, um musical maravilhoso e também uma estória linda.
Logo que se inicia o filme, você já pode compreender o porque da palavra desejo ser tão poderosa, afinal todos os contos de fadas acontecem com ela, não só com o jargão de Era uma vez...
O principio de um caminho tem sempre que ter uma bruxa, uma maldição e o maior fator o desejo de todos, quando você se pergunta o porque de um padeiro e sua mulher encontrar em sua caminhada todos os personagens de um conto de fada como: João e o pé de feijão, Cinderela, Rapunzel e Chapeuzinho Vermelho, o porque de os príncipes terem uma cena um tanto cômica e tão gay, mas o principal é a frase do príncipe: "Eu fui criado para ser encantador não sincero".
Uma bruxa, apenas com um desejo de amar e ser amada, e que sempre fala a real, um padeiro com medo de errar e sua esposa desejosa de ter em seu colo um filho, uma Cinderela com medo de fazer sua escolha e a Rapunzel decidida a viver o amor, o João apaixonado por uma vaca, que é sua leal amiga e uma Chapeuzinho Vermelho madura para a idade.
Todos se encontram e terão que assumir seus desejo, e o final é surpreendente.
Não vamos esquecer do Lobo Mal, lindo como só ele pode ser, mas também com seu caminhar na trilha da floresta.