"Apenas sentimentos, refletidos através de uma conversa, filme, livros, séries, tudo aquilo que nos faz enxergar a vida de uma forma diferente e irrefletida em nossas emoções".

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Desafio de leitura Nº36 - Bela Maldade



"Já ouvi dizer que as pessoas encantadoras, poderosas, têm o dom de nos fazer sentir como se fôssemos a única criatura no mundo, e agora sei exatamente o que isso significa.  Não sei bem o que ela faz, ou como faz - outra pessoa teria parecido excessivamente ávida, até obsequiosa -, mas, quando Alice me dá atenção dessa maneira, eu me sinto radiante, reconfortada pela certeza de ser plenamente compreendida"


Katherine, é uma pessoa nos seus 17 anos, transformada em uma pessoa madura por um passado trágico que a fez enxerga o mal e não acreditar na felicidade ou na oportunidade dela.
Quando ela se muda para Sydney, para se reerguer é quando enxergamos que mesmo que nos escondamos do passado ele sempre estará ali para nos atormentar.
O livro ele nos retrata a estória de Katherine entre o passado, presente e cenas do futuro, nos deixando fazer uma ligação entre eles, nos mostra que nossas decisões sempre nos influenciaram o futuro.
"Ser mãe é difícil, contraditório, impossível.  Quero que Sarah seja feliz, que faça amigos, que ria e se sinta alegre.  Não quero que fique paralisada pelo medo e pela ansiedade.  Mas também quero que seja cuidadosa.  Que entre neste mundo perigoso com os olhos bastante aberto".

Uma amizade simples ou será que o termo amizade nunca o é? Quando Katherine começa a ter uma amizade com Alice e neste momento ela acha que agora voltará a viver, tanta coisa acontece, nem mesmo seus novos amigos Robbie e Phillipa, podem ajudá-la quando finalmente ela descobre a verdade.
A vida é incerta e num momento de descoberta Katherine descobre o amor com Mick, mas uma amizade malfeita, escolhas erradas podem mudar o nosso destino e também a felicidade, e tudo é uma questão de escolha, nunca existe o certo, para quem está em constante erro e nem o errado para aquela pessoa que se julga a certa.
Esse livros nos fala de amizades, nos relata o bem e o mal que uma amizade tem em nossa vida, sua importância e também a maldade e inveja que existe muitas vezes por trás de uma amizade.
Depois de ler este livro, você poderá decidir ter muito mais cuidado com suas amizade, para mim que já levei tanta rasteira de ditos amigos, hoje acho que minha amizade tem me bastado ou daquelas poucas pessoas que julgo ser amigos.

"O problemas com as palavras é que, por mais que façam sentido, em teoria, elas não conseguem mudar o que sentimos.  E o que estou começando a entender é que isso nunca vai realmente ter fim: não pode haver nenhuma absolvição completa".