"Apenas sentimentos, refletidos através de uma conversa, filme, livros, séries, tudo aquilo que nos faz enxergar a vida de uma forma diferente e irrefletida em nossas emoções".

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

O Crime chamado Amor

O que realmente é amor? Tenho ouvido e visto constantemente o crime do amor, quando se ama você mata, você machuca, você expõe o outro e no fim apenas se diz: "Fiz tudo por Amor", desta forma o provérbio ou citação popular "Amor e ódio caminham lado a lado".
Então, mudamos o que era o tal chamado amor, para crimes passionais, onde não importa quem esteja envolvido, mulheres, homens, crianças, animais e de forma muitas vezes cruéis expomos uns aos outros e mostramos o quanto devemos ter medo será do Amor ou do ser Humano?
Na minha grande ilusão, pensava que o amor, era um momento de renúncia, entrega de si para o outros e o ódio é quando ficamos remoendo a vingança e métodos de criar no outro o que estamos a sentir, vendo-o em desgraça ou até mesmo morto.
Então, será que os grandes psicólogos, psiquiatras ou alguém dotado de uma grande inteligência pode nos dizer o que leva uma pessoa por amor esquartejar/matar outro por amor?
São tantos crimes cometidos pelo amor, tantas ações cometidas pelo tal chamado amor, podemos pensar que é um vírus que no lugar de fazer com que o ser humano seja feliz, causa neste seres a infelicidade, causa o conflito entre o certo e o errado, se analisarmos, quantos são os felizardos de viverem o amor, sem nenhuma maldade, quantos conseguiram encontrar o tal amor, será que ele é uma ideologia/ilusão ou realmente é o mal do século?
Eu prefiro acreditar que o amor é algo mais, é algo que faz com que possamos viver feliz, podemos realmente enxergar no outro o melhor de nós, um compromisso de companheirismo, alguém que pode segurar minha mão no momento que me encontro perdido.
Mas, hoje o mundo me apresenta tanto crime de amor, que fica será que esse tal de amor existe?