"Apenas sentimentos, refletidos através de uma conversa, filme, livros, séries, tudo aquilo que nos faz enxergar a vida de uma forma diferente e irrefletida em nossas emoções".

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Concurso da Susam

Uma noite mal dormida, insônia e preocupação com o horário, mas todas as confusões que ocorre na mente em dia de prova de concurso.
Fui de carona, mas pude observar o sacrifício de milhares de pessoas esmagadas no ônibus e também andando a pé ou correndo.
Como fiz minha prova na Universidade Nilton Lins, posso falar de sua desorganização para receber tantas gentes, em pleno domingo, num local isolado, milhares de pessoas com fome, pois nem os ambulantes apareceram na madrugada para vender café, o horário da primeira prova teve inicio as 8:00 h, daí você pode ter certeza que muita gente passou mal, primeiro que no cartão de confirmação tinha uma sala e quando chegamos no local, se encontrava na parede externa uma lista de mudanças de salas e locais, então já dá para perceber e imaginar o tumulto e o desespero das pessoas, quando adentrávamos no local de prova as filas para beber água fervendo ou ir ao banheiro era imensa, então muitas pessoas deixaram para ir depois, o que continuou causando problemas, na saída da primeira prova, o tumulto era para encontrar o que comer ou até mesmo quem ia fazer a segunda prova o que e onde almoçar.
Fazendo um tour pelo local, descobri que o Hospital Universitário, fornecia somente a quentinha pelo valor irrisório de R$ 10,00 que você apenas podia pegar e ir comer embaixo de uma das árvores, mas depois como  descobri a comida era sem sal, sem gosto e sem nada kkkkk.
O Drama do churrasquinho de gato, apareceu um para vender pelo valor de R$ 3,00 então imagine a multidão, sim a multidão, era gente se empurrando, puxando da mão de outro e claro prejuízo para o dono, já que muita gente não pagou, mas o tumulto era tanto, que você imagina milhares de pessoas sem comer durante algumas horas são capazes disso, então como será se estivessem sem comer durante dias, imagino que já tinham assado alguém.
E também teve a tia rica do refrigerante e água, que conforme aumentava de gente ela também aumentava o valor, sim essa faturou.
Na segunda prova o mesmo drama, procurar local e nome na parede para adentrar na sala, e não podemos deixar de falar do tumulto do banheiro e água, acredito que precisam ter uma organização melhor.
A saída, era motorista se xingando e multidão adentrando em ônibus, já que no domingo em Manaus o transporte urbano é reduzido, então milhares de pessoas ia e outras ficavam.
Que domingo movimentando, domingo que vem tem outro concurso, que não irei fazer, mas desejo sorte para quem vai!!!